• anamoraesdesigner

Vamos falar sobre vacinas?

Nossos pets são parte da família, e precisam de cuidados e atenção especial SEMPRE. Mas sabemos cuidar deles nem sempre é uma tarefa fácil, muitas vezes, com a correria do dia a dia, acabamos deixando de lado alguns cuidados. A higiene e alimentação são os básicos e indispensáveis, mas outro cuidado tão importante quanto, é a vacinação.




A vacinação garante proteção contra várias doenças que acometem os nossos animaizinhos. Prevenir é sempre o melhor remédio, por isso é necessário dar as doses nas datas certas e mantê-las sempre atualizadas.

É importante proteger o animal de estimação contra doenças infecciosas, e protegê-los contra os agentes circulantes dessas doenças.

Realizar a vacinação no tempo correto é um fator muito importante na saúde individual dos animais, mas também fé um cuidado com a saúde pública, vacinar nossos pets ajuda na proteção de outros animais, evitando possíveis surtos de doenças ✔


Fique atento e mantenha o cartão de vacina em dia. Dessa forma, seu pet ficará protegido e saudável sempre. Separamos algumas dicas para ajudar você a realizar a vacinação do seu peludo da forma correta:


Como é realizado o protocolo de vacinação?

Tanto os cachorros quanto os gatos, devem iniciar a vacinação nos primeiros meses de vida. O indicado é que o protocolo comece com 45 dias de vida. Mas esse cuidado não se restringe somente à filhotes, em casos de resgate ou adoção, os pets devem ser vacinados de acordo com a indicação do veterinário!


Ao longo da vida, a proteção fornecida pela vacina pode ser reduzida, por isso o indicado é que sejam realizados os reforços anuais, garantindo que os animais tenham uma imunização eficaz ao longo de suas vidas.


Existem vacinas que são obrigatórias para todos os pets, pois são essenciais para a saúde e bem estar do animal, mas existem também vacinas opcionais. Somente um médico veterinário pode definir qual a melhor forma de realizar a vacinação do seu pet, tendo como referência o estilo de vida, se esse animal faz viagens, localização, saúde, idade, entre vários outros critérios.

Quais são as vantagens da vacinação?

Somente a vacinação é capaz de proteger seu animal contra doenças infecciosas que podem atingi-lo através de vírus, bactérias, e outros microrganismos.


A vacinação de animais domésticos é uma forma de proteger a saúde de todos que convivem com ele, principalmente dentro de casa. Ao vacinar os pets, os tutores estão cumprindo a lei e dando exemplo de cidadania, não deixando que doenças como a raiva, por exemplo, voltem a ser uma ameaça.

Além disso, é critério básico para que os pets possam visitar parques, ir à pet shops, hospedar em hoteizinhos e creches, e podem conviver com outros animais em segurança.


Existem uma frequência correta?

Existe uma grande variedade de vacinas para serem aplicadas em cães e gatos, no entanto, a frequência e o número podem depender da idade do animal de estimação. Normalmente, filhotes devem receber 3 doses de vacinas com intervalo de 21 a 30 dias entre elas; Enquanto cães e gatos adultos devem receber um reforço anual, normalmente sendo de 3 a 4 vacinas.

Fique ligado: Cachorros com diarreia, secreção ocular ou nasal, febre, falta de apetite ou que estejam convalescendo de cirurgias ou alguma doença, não devem ser vacinados. Trate a causa e só faça a vacinação quando o cão estiver sadio novamente.


Confira o modelo básico do esquema de vacinação:


Vacinação para Cães:

- Polivalente:

À partir de 45 dias de vida com intervalos de 21 a 30 dias entre as doses.

Requer reforço Anual.

- Traqueobronquite infecciosa:

Primeira dose com 8 semanas e reforço de 21 a 30 dias depois.

Requer reforço anual.

- Giárdia e Leishmaniose:

Segundo a indicação do veterinário.

- Raiva:

À partir de 90 dias de vida. Requer reforço anual.


Vacinação para Gatos:

- Polivalente:

À partir de 60 dias de vida com intervalos de 21 a 30 dias entre as doses.

Requer reforço Anual.

- Raiva:

À partir de 90 dias de vida. Requer reforço anual.


NÃO SE ESQUEÇA, SOMENTE O VETERINÁRIO PODERÁ INDICAR A FORMA CORRETA PARA REALIZAR A VACINAÇÃO DO SEU PELUDO.


A vacinação deve ser sempre administrada por um médico veterinário competente, outros profissionais não estão autorizados a aplicar as mesmas. Somente após realizar a consulta e avaliar detalhadamente o pet levando em consideração o estado de saúde, é que o profissional irá definir o programa de vacinação ideal.

Não coloque a saúde do seu pet em risco por negligência ou falta de informação, aqui na Unipet contamos com uma equipe especializada e capacitada para realizar a vacinação do seu pet com todo cuidado e respeito que o seu amigo de 4 patas merece.

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo